wpjr2’s Weblog

Artigos e tutoriais úteis

Archive for agosto \28\UTC 2008

Plano de Cargos no Desenvolvimento de Sistemas de Software

Posted by wpjr2 em agosto 28, 2008

Níveis de Cargos na Tecnologia de Desenvolvimento de Sistemas de Software:

  1. Estagiário
  2. Analista/Desenvolvedor/Engenheiro Junior/Pleno/Senior
  3. Líder/Coordenador
  4. Arquiteto de Subsistema/Sistema/Software
  5. Arquiteto Senior de Software
  6. Líder/Gerente de Projetos
  7. Diretor de TI/Desenvolvimento/Negócios
  8. Chief Technology/Information Officer

Áreas de atuação:

  • Software
  • Testes
  • Processos
  • Negócio

Níveis de Cargos – Papeis e Atribuições

  • Programador: Codificar os componentes do software baseado na documentação elaborada pelo projetista e pelo analista, fazer os testes iniciais de cada componente.
  • Desenvolvedor: Integrar os componentes do software baseado na arquitetura e seguindo as realizações do projetista, fazer os testes integrados.
  • Administrador: Dar sustentação ao ambiente de software/hardware, fazendo as implementações da infra-estrutura e administrando os ambientes operacionais e servidores.
  • Analista: Levantar, racionalizar e especificar junto aos usuários diretos e indiretos os requisitos funcionais do software, bem como realizar os testes de homologação.
  • Projetista: Projetar (criar as realizações dos casos de uso racionalizados pelo analista) o software baseado nos padrões definidos pelo arquiteto levando em conta as tecnologias/linguagens que serão utilizadas.
  • Arquiteto: Definir e manter atualizados os padrões de soluções e tecnologias que serão utilizadas durante o projeto, para cada tipo/conjunto de funcionalidades, separadas pelos requisitos não funcionais e sempre levando em consideração as interfaces de comunicação entre os diferentes componentes do software.
  • Engenheiro: Definir e manter atualizados as informações referente ao projeto de infra-estrutura e integração entre os componentes físicos desde a rede até o ambiente de aplicações.

Níveis de Experiência

  • Junior: Até 1 ano de experiência
  • Pleno: De 1 a 3 anos de experiência
  • Sênior: De 3 a 5 anos de experiência
  • Especialista: Mais de 5 anos de experiência

Plano de Carreira em Relação às Certificações Java

  • Associado: Familiarizar-se com o ambiente de desenvolvimento, aprender os conceitos básicos de OO, a linguagem de programação Java e um conhecimento geral sobre as plataformas e tecnologias.
  • Certificações:
  • Sun Certified Java Associate (SCJA)
  • Programador: Provar a competência na linguagem de programação Java.
  • Certificações:
  • Sun Certified Java Programmer (SCJP)
  • Especialista: Especialização em alguma(s) área(s) específica(s) na tecnologia Java. As áreas relacionadas nesta fase são: Java SE, JSP e Servlets, Enterprise JavaBeans, Web service, Móbile Applications.
  • Certificações:
  • Sun Certified Java Developer (SCJD) para JavaSE
  • Sun Certified Web Component Developer (SCWCD) para JavaEE
  • Sun Certified Business Component Developer (SCBCD) para JavaEE
  • Sun Certified Developer for Java Web Services (SCDJWS) para JavaEE
  • Sun Certified Mobile Application Developer (SCMAD) para JavaME

  • Arquiteto: Responsável por realizar a arquitetura e o design de uma aplicação JEE.
  • Certificações:
  • Sun Certified Enterprise Architect (SCEA)

Posted in Carreira e Profissões, Certificações | Etiquetado: , , | 1 Comment »

Apenas o Linux sobrevive no teste de hackers

Posted by wpjr2 em agosto 28, 2008

Apenas Linux sobrevive em evento hacker onde Windows e Mac OS foram invadidos.

Link

Posted in Noticias | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Webwork Framework

Posted by wpjr2 em agosto 28, 2008

WebWork ou Struts2 é um framework web baseado em Java desenvolvido pela OpenSymphony. Este framework foi desenvolvido com o intuito específico de melhorar a produtividade no desenvolvimento e simplicidade no código. O WebWork foi construído sobre o XWork, que provê um framework para o padrão genérico de comando além de possuir um container IoC (Inversion of Control).

O WebWork provê um suporte significativamente robusto na construção de templates de interface reusáveis, tais como controles de formulário, temas, internacionalização, mapeamento dinâmico de parâmetros do formulário para JavaBeans, validação dos lados cliente e servidor, etc.

No dia 27 de Novembro de 2005, o Webwork foi incorporado ao framework Struts. A partir das versões 2.3.x, o WebWork estará embutido no framework Struts 2.0 (Struts Action Framework 2.0).

Links:

Homepage

Livros:

Posted in JavaEE | Etiquetado: | Leave a Comment »